Após confronto em Amambai, indígena baleada é transferida para Dourados

Jovem chegou ao hospital sob escolta policial e acompanhada da mãe

Jovem chegou ao hospital sob escolta policial e acompanhada da mãe

Após confronto entre indígenas e policiais no início da tarde de sexta-feira (24), em uma propriedade rural localizava no município de Amambai, indígena identificada como Natiele Rodrigues, de 22 anos, veio transferida para Dourados e está internada no HV (Hospital da Vida).

Segundo informações apuradas pela reportagem, a jovem foi atingida na cabeça e perna esquerda, no entanto, o quadro de saúde não é considerado grave.

Além disso, ela veio sob escolta policial e acompanhada da mãe.

Um morto

O confronto resultou na morte de um indígena de 14 anos. Dos oito feridos, três são policiais que foram transferidos para Campo Grande, além de uma jovem de 17 anos, que teve fratura no fêmur, provocada por arma de fogo. Da mesma idade, o Hospital de Amambai recebeu outros três adolescentes indígenas feridos a bala.

Sobre os policiais feridos também há a informação que eles foram atingidos por disparo de arma calibre 22, e não tiveram os nomes divulgados, apenas as idades: 26, 38 e 41 anos.