Pesquisa vai acompanhar a alimentação de 200 mil brasileiros por dez anos

Pesquisa vai acompanhar a alimentação de 200 mil brasileiros por dez anos

A Universidade de São Paulo (USP) está realizando o maior estudo sobre os hábitos alimentares dos brasileiros. O levantamento pretende identificar quais características da alimentação aumentam ou diminuem o risco de doenças como obesidade, diabetes, hipertensão e até câncer. Até o momento 75 mil pessoas estão inscritas para participar do estudo, mas o objetivo é atingir 200 mil brasileiros.

A pesquisadora do departamento de Medicina Preventiva da USP, Renata Levy destaca que os participantes serão acompanhados por dez anos de forma virtual. Ela conta que, além dos resultados em dez anos, a Nutrinet Brasil vai apresentar resultados periódicos e destaca, por exemplo, que as conclusões deste ano vão ser afetas pela pandemia da Covid-19, que fez com que as pessoas comessem mais dentro de casa.

Leia também

Em cinco meses, pandemia de Covid-19 matou 94,1 mil pessoas no Brasil

SP: Preços dos itens da cesta básica continuam subindo nos supermercados

Covas sobre volta às aulas em São Paulo: 'Quem vai definir a data é a área da saúde'

Para Renata Levy, a expectativa é que a pesquisa produza múltiplos resultados, uma vez que em cada região do Brasil a população tem hábitos alimentares totalmente diferentes. Para participar do estudo, os voluntários devem ter, no mínimo 18 anos, morar no Brasil e ter acesso a internet. As inscrições para a podem ser feitas no site nutrinetbrasil.fsp.usp.br.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini